MFG "História das Marcas 2019—Exposição de Vestuário Original de Macau" PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

História das Marcas 2019 - Exposição de Vestuário Original de Macau



Introdução da exposição

No mundo de moda maravilhoso e colorido, nascem novas roupas todos os trimestres, meses e dias. Enquanto buscam ansiosamente a onda de moda, quantas pessoas prestam atenção às coisas por trás da criação de moda, apreciam as ideias e mensagens transmitidas pelos criadores? O facto é que há boas histórias que valem a pena explorar por trás de diversos tipos de boutique de moda e de roupas lindas. Os criadores de moda mostram seu próprio estilo nas obras com sua destreza e habilidade, e transmitem suas histórias de marca através de obras, permitindo aos visitantes a sentir o entusiasmo e os pensamentos dos criadores.

O Governo da RAEM está empenhado em promover o desenvolvimento das indústrias culturais e criativas, e muitas marcas locais de moda originais estão preparadas para o crescimento. A Galeria de Moda compromete-se a promover o desenvolvimento da arte de vestuário e das indústrias culturais e criativas de Macau, e este ano continua a planear a "História das Marcas 2019 – Exposição de Vestuário Original de Macau", através de coleção aberta de marcas, selecção e fornecimento de espaço, permite a mais marcas de moda locais divulgar e vender suas próprias obras através da plataforma de exposição da Galeria de Moda, e ao mesmo tempo, transmitir a história por trás das marcas ao público.

As seis marcas em exposição incluem ella épeler, MACON, Lexx Moda , ZICS ,GODDESS ARMOUR e SANCHIALAU. A exposição é dividida em três fases, cada uma exibe duas marcas. A primeira é de ella épeler que é rica em arte totem e ilustração e de MACON com lazer moderno e clássico urbano; a segunda fase é de Lexx Moda de calçados femininos com estilo e conforto e de ZICS cheio de estética arquitectónica de cinza, preto e branco; a última fase é de GODDESS ARMOUR com combinação de design geométrico e palaciano e de SANCHIALAU que mostra a arte contemporânea de moda feminina, permitindo que os espectadores experimentem histórias de marca completamente diferentes. Há também um espaço de vendas no local, vendendo séries de roupas de várias marcas participantes.


Apresentação da marca

ella épeler

“épeler” é um verbo na expressão francesa “ella épeler”, que significa combinação ou ligação. O mote da marca é Bring Your Attitude To Life (Trazer a sua atitude à vida). ella épeler fez várias experiências com a combinação de diversos elementos não convencionais aplicados em corte do vestuário, bem como, a integração das ilustrações originais e das ideias artísticas no seu design, adicionando um toque mais fascinante à obra, para mostrar a diversidade e a singularidade da moda, e oferecer aos clientes um maior leque de escolhas. A marca visa transformar cada peça na guarda-roupa em tesouro. As obras da ella épeler são lançadas em série, em vez de estações do ano. Graças à observação contínua da combinação de diferentes estilos, isto faz com que a marca consiga ultrapassar os seus limites da inovação e procure novas tentativas.


Designer de marca

Ella Lei é natural de Macau, da geração pós-1980, formada em Design Multimédia da Escola Superior de Artes, do Instituto Politécnico de Macau. Depois da graduação, trabalhava na área de design artístico de animação de artes há 4 anos, durante a qual, frequentou o curso de Diploma em Design de Moda. Ella é agora uma designer freelance e participa activamente em vários tipos de exposição e eventos de moda. Com o entusiasmo por ilustração e design de moda, tentando combinar os dois elementos na criação das suas obras, a fim de desenvolver a sua marca de moda "ella épeler".


Tema da exposição —Transformação

A série inteira conta uma história de amor sobre transformação, com três cores, três padrões de ilustração, desenhando os três períodos de menina.

Na série rosa, o uso de combinação de rosa-verde, rosa e rosa-amarelho é como uma menina tímida, inocente e ignorante do mundo, e a ilustração infantil no tecido é a expectativa da menina pelo amor, cheio de inocência com um pouco de sonho. .

Na série azul, com o uso de diferentes tons de azul delineia feixes de cabelos, assim como milhares pensamentos na cabeça, porque a menina está hesitante sobre a realidade do amor na sociedade. Ela voltou de fantasia para a realidade e entendeu o presente. Mesmo que esteja confusa, não consiga o resolver.

Na série vermelha, a menina passou por um longo período de tempo, libertando-se da restringimento do amor. Com o uso do tom vermelho vivo, cria-se uma autoconfiança surgida do coração, em conjunto com as flores florescentes, mostrando uma beleza de compreensão plena.



Apresentação da marca

MACON

Fundada em 2013, a MACON é uma marca de vestuário subordinada ao Grupo Fu Son de Macau que integra a investigação, desenvolvimento e venda.

MACON tem origem de Macau e significa "MACAU + FASHION" e "MACAU + COTTON".

Desde a sua criação, tem sido sinónimo de qualidade excelente e moda casual. Sendo uma marca de Macau, combinada com o estilo especial de viagens de lazer, promove a "vida lenta, viagem ligeira" e transmite a atitude de vida de Macau e a cultura amigável.

A marca é destinada a mulheres jovens entre 25 e 35 anos. Os produtos são baseados no conforto e simplicidade, criando um ambiente neutro, literário e jovem.

A MACON foi desenvolvida, no início, através de comércio electrónico. Actualmente, já foram abertas gradualmente lojas físicas de imagem de marca em Macau, Zhongshan e entre outras, atraindo a compra e a cooperação de muitos clientes.


Jane Chan

Jane Chan, licenciada em Design do Instituto de Tecnologia do Vestuário de Beijing (BIFT) trabalhou como estilista de várias marcas como Kappa, Jack & Jones, Peak, etc. Os seus designs foram publicados no site de moda WGSN (Worth Global Style Network) duas vezes. Em 2010, desenhou o uniforme dos portadores da tocha dos Jogos Intermunicipais Nacionais da República Popular da China, bem como o uniforme olímpico nacional dos representantes de muitos outros países. Regressou a Macau em 2013, e criou a sua marca pessoal de vestuário masculino informal (casual), “BOMDIA”, e foi seleccionada pelo “Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda 2013”. Actualmente, é a directora da marca “MACON” de Macau.


Tema da exposição —Tempo e espaço lentos

Com o tema “Fazer a retrospectiva do passado, olhar para o futuro”, as obras exibidas utilizam técnicas especiais de costura e emenda assimétricas, combinadas com tecidos naturais e artificiais de diferentes espessuras, reflectindo a crescente urbanização de cidades e aldeias e o surgimento de novas regras diferentes do passado. O conceito geral é apresentado através de um design de espaço clássico e moderno com cores harmoniosas.